MTL 3.0 Team Profile – Cacturne Jacks, +Draft Zoroark

Com o regresso da Multi Tuga League, uma draft league de Multi Battles, o Pocket Rotom traz de novo os Team Profiles de cada equipa!

Hoje temos os Cacturne Jacks!

Porque é que estão juntos numa equipa? E qual é o vosso histórico juntos?

O Silveira já joga VGC desde 2017, sendo que o Karasu só começou há cerca de meio ano, com a PDL3. Como nem um nem o outro tinham equipa, acabaram por formar esta aliança chamada Cacturne Jacks. Apesar de terem playstyles diferentes, o Silveira espera ser um mentor do Karasu para que juntos, cheguem à final da MTL!

De onde vem o vosso nome e o que significa?

A inspiração do nome desta equipa vem do rapper Travis Scott, sendo que acabou por ficar Cacturne Jacks (inspirado na label Cactus Jacks) em vez da alternativa Gastroworld (inspirado no nome do 3° álbum, Astroworld).

O que acham da MTL? Quais são os vossos objetivos para esta liga?

Esta já é a 3ª vez que o Silveira participa numa MTL, sendo que na primeira entrou para substituir um jogador e na outra, o seu parceiro de equipa teve que desistir por motivos pessoais, pelo que está hyped para poder potencialmente realizar uma MTL do princípio ao fim, com o objetivo de alcançar os playoffs. Sendo a primeira vez do Karasu, este espera que seja uma liga engraçada e partilha o mesmo objetivo que o Silveira.

Como avaliam o vosso draft relativamente ao plano inicial? Estão satisfeitos com o que obtiveram?

O draft dos Cacturne Jacks foi um draft que correu relativamente bem e com poucos snipes, e até estão bastante satisfeitos. No entanto, houve o pequeno incidente do “+draft Zoroark”, pelo que se pode dizer que foi o Karasu snipou o Silveira.

Como avaliam o vosso grupo?

Os Cacturne Jacks consideram que estão num grupo bastante acessível, mas que, ao mesmo tempo, é um grupo assustador por haver bastantes jogadores conhecidos pela sua criatividade e imprevisibilidade.

O que acham dos jogos que vos falta fazer?

Silveira e Karasu consideram que começam logo com um jogo difícil contra os Marosca City Cinccinos e poderão acabar a época num jogo frustrante contra o Los Ingobernables de Portugal, que promete ser um jogo cheio de hax. No entanto, e como disse o Karasu, “Venham eles!”.

Comentar