MTL 3.0 Team Profile – Holy Bronzongs

Com o regresso da Multi Tuga League, uma draft league de Multi Battles, o Pocket Rotom traz de novo os Team Profiles de cada equipa!

Hoje temos os Holy Bronzongs!

Porque é que estão juntos numa equipa? E qual é o vosso histórico juntos?

O Guilhões estava a pontapear rabos de gamer num torneio online e Dinis, ao vê-lo, reparando que Guilhões era português, deslizou nas suas DM’s.

O Dinis acordou e reparou que tinha recebido DM de Deus Guilhões onde este oferecia milagres relacionados com Pokémon. Desde então, têm feito várias jogatinas e discussão de animes dos mais diversos tipos, sendo que, neste momento, estão ambos focados em gerar uma revolução contra tartes de maçãs, um ódio comum aos dois.

De onde vem o vosso nome e o que significa?

Bronzong foi o Pokémon com o momento mais indisputavelmente genial das edições passadas de MTL’s, pelo que decidiram homenageá-lo. Para os menos familiarizados com a língua inglesa, o nome significa Bronzongs Divinos/Sagrados.

O que acham da MTL? Quais são os vossos objetivos para esta liga?

Como fundadores da MTL original, consideram que é sempre uma grande honra participar nesta liga, que é um dos 3 formatos da série Tuga League – o melhor conjunto de ligas da história da humanidade e que tem como aspetos mais relevantes, o trabalho em equipa e o conteúdo videográfico que todos apreciam. Têm um objetivo bastante ousado, que é o objetivo de vencer a liga e humilhar o maior número de equipas possível pelo caminho.

Como avaliam o vosso draft relativamente ao plano inicial? Estão satisfeitos com o que obtiveram?

Ao longo do draft foram levando alguns snipes mas nada que lhes arruinasse a saúde mental por mais do que 24h cada e no final conseguiram um esquadrão que “tem tudo o que precisa para aniquilar qualquer adversário”.

Como avaliam a vossa época até agora?

Tem corrido tudo como planeado. Durante as semanas 2 e 3 tiveram jogos onde foi possível ver um mau começo, levando mesmo Guilhões a dizer que definitivamente iriam perder. No entanto, isto tudo foi apenas um plano para entreter os telespectadores e humilhar ainda mais os adversários que não conseguiram aproveitar uma situação aparentemente vantajosa.

O que acham dos jogos que vos falta fazer?

Os Holy Bronzongs decidiram acabar esta conferência de imprensa com umas declarações ousadas: “Dêem-nos um desafio, por amor de Guilhões”

Comentar